Kaleydos

15 startups que querem melhorar a mineração no país

Não perca oportunidades para o seu negócio de impacto. Assine a nossa newsletter mensal e mantenha-se informado sobre tudo o que acontece no setor 2.5. Não se preocupe, também não gostamos de spam. :-)

Após a tragédia do rompimento da barragem de Brumadinho (MG), o site StartSe publicou uma matéria muito pertinente, sobre startups que podem trazer para o setor da mineração tecnologias e métodos inovadores, que entre outras coisas mitiguem riscos ambientais e sociais. Leia um trecho:

Startups do setor de mineração vão buscar soluções inovadoras para transformar este mercado no Brasil. Nesta segunda-feira (4), 15 projetos foram selecionados para aceleração no Mining Hub, uma iniciativa em Belo Horizonte que une mineradoras, fornecedores, empreendedores e pesquisadores da área. Os profissionais trabalharão em conjunto no coworking WeWork da capital mineira.

O anúncio das startups selecionadas para o Mining Hub acontece apenas dez dias depois do rompimento da barragem de resíduos da mineradora Vale na Mina Feijão, em Brumadinho (MG). O incidente resultou em 114 mortes confirmadas e mais de 200 desaparecidos. Dos 15 projetos escolhidos, quatro apresentam propostas para a gestão de resíduos da mineração.

Vale ressaltar que o projeto de aceleração teve início em novembro do ano passado. Ou seja, as mais de cem startups inscritas não previam o desastre ambiental e social causado pela má gestão de resíduos da mineradora.

Continue lendo no StartSe

Redação Kaleydos

Faça um comentário