Kaleydos

“As mulheres que aparecem no comando são sempre as mesmas”

Envolvida em várias organizações que estimulam a liderança feminina no meio corporativo, Maria Fernanda Teixeira diz que a presença de mulheres têm aumentado — mas ainda está longe de ser suficiente

Maria Fernanda Teixeira, que há cerca de um ano assumiu a  consultoria Integrow, com o objetivo de ajudar empresas a implementarem ações de ética e integridade, deu entrevista para a Época Negócios, em que comenta o  protagonismo feminino no meio executivo.

Leia trecho da entrevista:

Considerando seu trabalho com a Integrow e contato com outras grandes empresas, como você vê o protagonismo feminino no meio executivo? As mulheres estão conquistando maior participação na tomada de decisões?

Sim, se compararmos com cinco anos atrás, hoje já temos mulheres no comando de algumas empresas, embora numa proporção pequena demais. Contudo, se você prestar atenção, as mulheres que aparecem no comando são sempre as mesmas. Uma pena, visto que existe um percentual enorme de mulheres bem preparadas esperando para assumir altos cargos. Elas, de fato, estudam mais que os homens. É só ver o percentual de mulheres nas universidades e pós-graduação: este número é de 60%.

Por que alcançar espaço no alto escalão ainda é tão difícil?

É difícil porque 80% das decisões para esses cargos ainda são tomadas por homens. São eles que sugerem nomes de novos homens, pessoas que eles conhecem, que fazem parte do networking deles. A utilização de headhunters para diversificar o quadro tem crescido, mas os resultados ainda são pouco significativos em relação ao todo das vagas disponíveis.

Leia a entrevista completa na Época Negócios


Foto: Divulgação.

Redação Kaleydos

Assine nossa newsletter

Preencha os campos abaixo para receber nossa newsletter mensal.
E-mail *
Nome
Sobrenome
Organização
Cargo
*Campo obrigatório

1 comentário