Kaleydos
investidores anjo

Cai o número de rodadas de investimento em startups em estágio inicial

Ao mesmo tempo, a quantidade de recursos investidos é maior e o valor de mercado das empresas subiu; entenda por que os investidores mudaram de estratégia

Os investimentos em startups podem estar passando por uma mudança importante, avalia Ian Hathaway, economista especialista em startups. Segundo ele, de uns anos para cá, há menos rodadas de investimento em startups em estágio inicial, também conhecidas como early stage, mas ao mesmo tempo a quantia de capital é maior e os próprios valores de mercado das empresas subiram.

As causas para isso podem estar associadas a diversos motivos, incluindo um verdadeiro revés do mercado ou até a vontade de investidores de terem participações mais relevantes já no começo da empresa, uma vez que rodadas avançadas tendem a diluí-las. De um ponto de vista de eficiência de capital, isso pode ser positivo, significando que o funil de investimento anjo e semente se alargou mais do que os investidores futuros poderiam acomodar de forma sustentável.

Continue lendo no StartSe

Redação Kaleydos

Assine nossa newsletter

Preencha os campos abaixo para receber nossa newsletter mensal.
E-mail *
Nome
Sobrenome
Organização
Cargo
*Campo obrigatório

Faça um comentário