Kaleydos

Como declarar seus investimentos em startups no imposto de renda?

Do Kria

O investimento pode ser declarado no IR de diversas formas, dependendo de como foi feito.

No Kria, o modelo mais comum é via Título de Dívida Conversível, que é separado em: direto na emissora ou através de um veículo de investimento (SPE e SPC). Realizamos também algumas emissões diretas de ações.

No caso de título de dívida conversível:

Via SPE:

“Bens e Direitos”

Código 51 — Crédito Decorrente de Empréstimo

Descrição: INVESTIMENTO EM TÍTULO DE DÍVIDA — SISTEMA EQUITY CROWDFUNDING — NA EMPRESA [RAZÃO SOCIAL DA SPE] — [CNPJ]

Diretamente na startup:

“Bens e Direitos”

Código 45 — Aplicação de renda fixa (CDB, RDB e outros).

Descrição: INVESTIMENTO EM TÍTULO DE DÍVIDA CONVERSÍVEL — SISTEMA EQUITY CROWDFUNDING — NA EMPRESA [RAZÃO SOCIAL] — [CNPJ]

No caso de emissão direta de ações:

“Bens e Direitos”

Código 31 — Ações.

Descrição: INVESTIMENTO EM AÇÕES — SISTEMA EQUITY CROWDFUNDING — NA EMPRESA [RAZÃO SOCIAL] — [CNPJ]


Não sabe qual o modelo do seu investimento? Dê uma olhada em seu contrato ou contate os empreendedores — eles poderão ajudar 😉

Redação Kaleydos

Assine nossa newsletter

Preencha os campos abaixo para receber nossa newsletter mensal.
E-mail *
Nome
Sobrenome
Organização
Cargo
*Campo obrigatório

Faça um comentário