Kaleydos
mentoria

Como ter uma boa mentoria em um programa de aceleração

As mentorias em um programa de aceleração tem uma característica especial e para ter uma boa mentoria é preciso entender os papéis do mentor e do empreendedor neste processo.

Originalmente publicado pelo InovAtiva Brasil

Segundo Daymond John, empreendedor, investidor, palestrante e escritor “O mentor é um dos aspectos mais importantes de um negócio”. O caminho do empreendedorismo é cheio de pedras e o processo de mentoria te dará o aprendizado necessário para lapidá-las e transformá-las em oportunidades. Contudo, para transformar as pedras do caminho em diamantes é preciso saber aproveitar as mentorias recebidas em um programa de aceleração. O nosso post de hoje é exatamente sobre isso.

Atualmente no Brasil existem diversos programas de empreendedorismo que tem como objetivo a criação de novos negócios, muitos destes programas tem na sua metodologia a conexão entre empreendedores e mentores. Estes mentores tem o papel de auxiliar os empreendedores a vencer alguns desafios que encontram no desenvolvimento dos seus negócios.

Mentoria nada mais é do que um método de transmissão de conhecimentos e experiências, e, em muitos casos, ocorre naturalmente nas relações profissionais e pessoais. Contudo, os programas de empreendedorismo tornam as mentorias mais intensas e mais específicas aos objetivos dos empreendedores.

Geralmente os mentores que participam destes programas de aceleração são profissionais com mais experiência, sendo executivos de grandes empresas, professores ou consultores de negócios, ou ainda, empreendedores mais experientes. Na maioria dos programas de empreendedorismo e nos eventos de startups, os mentores são voluntários, pois entendem que precisam retribuir à sociedade e ajudar outras pessoas a construir seu futuro.

Nem todo mundo tem o privilégio de ter um mentor diariamente na sua vida, por isso mesmo é preciso aproveitar ao máximo as oportunidades de mentoria que os programas de empreendedorismo proporcionam. No InovAtiva não é diferente, os empreendedores que mais crescem durante a aceleração são aqueles que aproveitam ao máximo o contato com os mentores.

É comum empreendedores iniciarem uma aceleração sem mercado claramente definido, sem uma comunicação efetiva e também sem um foco na operação, mas ao longo das mentorias estes empreendedores aperfeiçoam suas soluções, realizam validações de mercado e melhoram seu modelo de negócio. Isto ocorre quando os empreendedores aproveitam ao máximo os conhecimentos do mentor. É bem provável que isto ocorra com você também, desde que você esteja aberto para aprender!

O primeiro passo para aproveitar uma mentoria é estabelecer a confiança do mentor. Na verdade isto é o primeiro passo em qualquer relacionamento, ter empatia é fundamental para construir relacionamentos que sejam significativos. Portanto, é preciso mostrar interesse pelo mentor, conhecer a história de vida dele e se interessar pelo que ele tem a ensinar. Assim se inicia a construção de uma relação de confiança e de empatia.

Existem muitos tipos de mentores, contudo nos programas de aceleração os empreendedores têm um mentor mais específico aos desafios que enfrentam. Embora possa parecer estranho, o fundador da Microsoft, Bill Gates, credita seu sucesso em parte ao seu mentor, o investidor bilionário Warren Buffet, alguém completamente de fora da indústria de tecnologia. Gates afirma que admira as habilidades que Buffet tem para ensinar conceitos complexos e beneficiar as pessoas com sua experiência em modelos de negócios que funcionam. Perceba na declaração de Bill Gates um ponto muito importante, você pode aprender com um mentor mesmo que ele não conheça a fundo seu mercado, mas que tenha uma visão de negócios que ajude você a entender melhor seu mercado.

Qual o papel do mentor?

Para aproveitar melhor uma mentoria em um programa de aceleração é preciso entender o papel do mentor. O principal papel do mentor é justamente desafiar o empreendedor e fazê-lo pensar em alternativas ao seu negócio. Construir uma startup é percorrer o fluxo de contruir-medir-aprender enquanto se busca por um mercado, portanto é comum neste momento o mentor fazer perguntas complexas e comparações com outros negócios, assim ele ajuda você no processo de reflexão e aprendizado sobre o mercado ou modelo de negócio. É exatamente isto que se espera que o mentor faça, pois assim ele estimula os empreendedores a buscar respostas e aprimorar seus negócios. Em momento algum o papel do mentor é dar as respostas certas, este seria o papel de um consultor, o papel do mentor é orientar o empreendedor de maneira que ele descubra por si próprio as respostas.

Além disso, é preciso ressaltar que essa é uma relação não só de mentoria, mas pode ser de amizade. Por isso, é preciso ter interesse genuíno em seu mentor, com respeito, empatia e afinidade. Por isso, não foque apenas nos seus problemas e não seja negativo, e sempre que possível mostre gratidão pelo tempo que o mentor dedicou a você.

Qual o papel do empreendedor na mentoria?

Para aproveitar melhor uma mentoria em um programa de empreendedorismo e acelerar o aprendizado separamos algumas dicas para os empreendedores utilizarem em cada sessão.

Saiba o que você precisa. Entenda em que momento você se encontra, mas também esteja aberto a novas ideias e disposto a enxergar os cenários pelo ponto de vista do mentor.

Seja objetivo. Anote previamente o que você deseja discutir com o seu mentor e seja sempre honesto e sincero.

Faça perguntas. Saiba extrair o que seu mentor tem de melhor. Para isso, sempre prepare uma lista com perguntas que você deseja fazer e combine o melhor meio de comunicação entre vocês. Contudo, lembre-se que o trabalho do mentor não é executar, e sim orientá-lo.

Esteja aberto. Para uma boa sessão de mentoria o empreendedor deve estar disposto a ouvir seu mentor, saber receber críticas para transformar estas críticas em ações, portanto esteja aberto ao feedback, somente assim será possível evoluir seu negócio.

*Foto do post tirada no Bootcamp Final do InovAtiva, na foto está Aísa Pereira realizando mentoria para a startup PATCHFIND de Cesar Lopes e Eduardo Mendes Batista]

Originalmente publicado pelo InovAtiva Brasil


Sobre a Kaleydos

Kaleydos é uma plataforma de investimento e desenvolvimento de soluções e negócios alinhados aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS). Apoiamos negócios inovadores em estágio inicial de maneira personalizada mesclando mentoria, capital semente e co-gestão. Somos uma iniciativa do Instituto Jatobás. Clique aqui para saber mais sobre nós.

Assine a nossa newsletter mensal.

1 comentário