Kaleydos

Negócios de impacto buscam soluções para logística de distribuição de produtos da Amazônia

Encontro em Manaus irá capacitar empreendedores que criaram soluções para esse gargalo para que possam captar recursos e implementar seus protótipos.

Com a proposta de implementar soluções concretas que aumentem as chances de sucesso de empreendedores de negócios de impacto socioambiental na Amazônia, será realizado nos dias 12 e 13 de novembro, em Manaus, o segundo encontro do Lab Amazônia – Desafio Logística e Comercialização dos Produtos da Sociobiodiversidade.

Durante os dois dias de evento as equipes criadoras de cinco protótipos que ajudam a solucionar os problemas de logística da distribuição dos produtos da sociobiodiversidade da Amazônia, participarão de workshops de capacitação com  o objetivo de deixar essas ideias prontas para captação e implementação. O projeto é realizado pela Climate Ventures e PPA/Idesam com o apoio do Fundo Vale e Instituto Humanize.

Como nasceu o Lab Amazônia

O Lab Amazônia – Desafio Logística e Comercialização dos Produtos da Sociobiodiversidade nasceu em 2019 após a percepção das dificuldades logísticas de escoamento da produção dos produtos da sociobiodiversidade da Amazônia.

Fatores como a falta de infraestrutura, o alto custo e a pulverização da logística amazônica, aliadas à baixa escala de produção e altos custos cobrados pela prática nociva de atravessadores, aniquilam a margem do produtor, que prefere buscar outras formas de renda, muitas vezes nocivas ao meio ambiente, e desestimulam o consumo nos grandes centros.

Nesse contexto, o Lab Amazônia surgiu para engajar diferentes parceiros, prototipar e implementar soluções concretas que aumentem as chances de sucesso de empreendedores de negócios de impacto socioambiental e comunidades que fazem uso sustentável de produtos da sociobiodiversidade da floresta amazônica.

A estrutura do projeto está dividida em três fases:

  1. Lançamento do Desafio: visualização e priorização conjunta dos gargalos e soluções relacionados à logística e comercialização dos produtos da sociobio da amazônia. Fomento a atuação em rede do ecossistema na busca de soluções. Engajamento dos participantes na co-criação de protótipos de soluções conjuntas. Criação de 8 protótipos de soluções.
  2. Prototipagem de Soluções: engajamento e fortalecimento dos grupos de trabalho e amadurecimento da solução proposta. Cadastramento das soluções e seleção dos protótipos dentro de critérios de engajamento, viabilidade e impacto. (Fase atual)
  3. Implementação de soluções: Mobilização de recursos e redes de apoio para implementação das soluções priorizadas e apoio à implementação das soluções priorizadas.

Conheça os protótipos selecionados

Os selecionados para a Fase II serão contemplados com a participação dos workshops presenciais, em Manaus, auxílio para captação e implementação do protótipo, acesso à rede de parceiros da Climate Ventures e PPA/IDESAM e exposição no Summit 2020 da Climate Ventures. Os escolhidos foram acompanhados ao longo de 2 meses pela equipe da Climate Ventures e PPA/IDESAM e, após apresentação das soluções, chegamos aos protótipos selecionados:

Sinapse da Bioeconomia: programa de incentivo ao empreendedorismo inovador que oferece recursos financeiros, capacitações e suporte para transformar ideias inovadoras em empreendimentos de sucesso, que valorizem a floresta amazônica e a bioeconomia.

Centro de Distribuição em SP: espaço compartilhado e humanizado com a proposta de redução de custos, também tem o objetivo de sistematizar o atendimento para estocagem, logística e comercialização pulverizadas em pequena escala, e em médio/longo prazo fomentar a larga escala.

Plataforma da Sociobio: tem como objetivos promover escala no escoamento dos produtos da sociobiodiversidade. abastecer as iniciativas de comercialização agroecológicas e solidárias; promover acesso da população em geral aos produtos agroecológicos e da sociobiodiversidade brasileira; otimizar as estruturas e equipes existentes dos membros da plataforma a partir do compartilhamento e uso coletivo das mesas; dar suporte logístico e contábil para os membros da plataforma e constituir fundo de capital de giro para pagar os produtos a vista e dar prazo para pagamento aos comercializadores.

Otimização de fretes: tem o objetivo de buscar melhores condições e custos no fluxo de produtos da Amazônia.

Marca Amazônia: o objetivo é criar uma marca da região, que trará valor, conteúdo, informação, e acesso às marcas e iniciativas da Amazônia, de uma forma nova, jovem, criativa e empreendedora. Iniciar como uma espécie de campanha que ganha vida num portal. Ser uma curadoria, plataforma de diversas marcas com a possibilidade da plataforma ter também uma marca própria, sob um propósito comum.

Sobre os atores

Climate Ventures é uma plataforma de inovação para acelerar a economia regenerativa e de baixo carbono no Brasil articulando lideranças de governo, sociedade civil e setor privado de forma estruturada com foco em ação. Seu propósito é aumentar pipeline e fluxo de investimentos em "bons negócios para o clima” através do fomento de um ecossistema que integra as esferas de clima, negócios/finanças e inovação/tecnologia.

PPA/ Idesam (Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável da Amazônia) é uma organização não governamental sem fins lucrativos sediada em Manaus, capital do estado do Amazonas. Com 15 anos de atuação, o Idesam desenvolve um trabalho integrado, compreendendo uma atuação de base, no contato com produtores rurais e comunidades tradicionais, até a formulação de políticas internacionais, atuando junto a organizações que trabalham com clima e desenvolvimento sustentável.

Fundo Vale é uma associação sem fins lucrativos que busca conectar instituições e iniciativas em prol do desenvolvimento sustentável. Criado em 2009 pela Vale, como contribuição da empresa para a busca de soluções globais de sustentabilidade, o Fundo priorizou suas ações no bioma Amazônia, apoiando e financiando iniciativas que unem a conservação dos recursos naturais à melhoria da qualidade de vida e fortalecimento dos territórios.

Instituto Humanize tem como objetivo estimular o desenvolvimento sustentável e a geração de renda, por meio do apoio à atuação estratégica de entidades que desenvolvam ações voltadas para a educação de qualidade, a gestão pública, o empreendedorismo e negócios de impacto social, a conservação e o uso sustentável do meio ambiente e a melhoria da qualidade de vida no Brasil.

Informações à imprensa:
Catherine Magnani
catherine@climateventures.com
(11) 98902-1441

Serviço:
Fase II do Lab Amazônia – Desafio Logística e Comercialização dos Produtos da Sociobiodiversidade
Local: Tropical Executive Hotel – Av. Coronel Teixeira, 1320 A – Ponta Negra, Manaus
Data: 12 e 13 de novembro de 2019


Sobre a Kaleydos

Kaleydos é uma plataforma de investimento e desenvolvimento de soluções e negócios alinhados aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS). Apoiamos negócios inovadores em estágio inicial de maneira personalizada mesclando mentoria, capital semente e co-gestão. Somos uma iniciativa do Instituto Jatobás. Clique aqui para saber mais sobre nós.

Assine a nossa newsletter mensal.