Kaleydos
investidor anjo

Grupos se reúnem em universidades para investir e impulsionar startups

Anos depois de se formar no ensino superior e com a carreira já bem estabelecida, muitos voltam a se reunir com seus colegas de classe. Nos casos de alguns dos grupos de ex-alunos, a ideia não só é relembrar os velhos tempos, mas também falar sobre investimentos. Mais especificamente, investimentos-anjo, que são feitos em startups ainda nos seus primeiros estágios de desenvolvimento.

Mais comuns em outros países, no Brasil começam a surgir os primeiros grupos de investidores-anjo reunidos em torno de alguma instituição de ensino, como GVAngels, Poli Angels e Insper Angels. Apenas ex-alunos da FGV, Poli USP e Insper, respectivamente, são aceitos como membros e investidores.

Um investimento-anjo é um aporte em uma startup que está no início de sua trajetória, normalmente feito por uma pessoa física.

Continue lendo na Exame

Redação Kaleydos

Assine nossa newsletter

Preencha os campos abaixo para receber nossa newsletter mensal.
E-mail *
Nome
Sobrenome
Organização
Cargo
*Campo obrigatório

Faça um comentário