Kaleydos
Hand Talk

Hand Talk e mais 19 organizações recebem prêmio da Google para investir em inteligência artificial

Programa apoia projetos que adotem IA para impacto social; brasileira Hand Talk é uma das selecionadas

Por meio do programa Google AI Challenge, 20 organizações receberam um aporte compartilhado de US$ 25 milhões da Google.org, braço filantrópico da Google. O aporte será usado para investir em projetos que adotam inteligência artificial para gerar impacto social. Além do investimento, cada vencedora também receberá mentorias e auxílio dos profissionais de IA (Inteligência Artificial) da Google. Entre as ganhadoras está a brasileira Hand Talk.

A startup realiza tradução digital e automática para a Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS). O prêmio recebido pela startup é de US$ 750 mil (aproximadamente R$ 3 milhões). Será usado para melhorar a qualidade das traduções e iniciar um projeto de tradução do inglês para ASL (a Língua Americana de Sinais).

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), existem cerca de 360 milhões de pessoas surdas no mundo todo e 80% delas não compreendem as línguas faladas e escritas de seus países.

Conheça as outras organizações vencedoras

Ao todo, mais de 2600 organizações com e sem fins lucrativos se inscreveram. Destas, 40% nunca usaram IA antes. Para Jacquelline Fuller, presidente da Google.org:

“Acho que isso significa que o setor está realmente sedento e gostaria muito de aplicar essas importantes técnicas e tecnologias, mas apenas realmente não têm os recursos e a expertise para fazê-lo”.

Conheça cada organização:

  • American University of Beirut – Desenvolve uma ferramenta que fazendeiros o Oriente Médio e na África podem usar para irrigar campos nos melhores momentos para economizar água.
  • Colegio Mayor de Nuestra Señora del Rosario – Nessa universidade colombiana, pesquisadores usarão imagens de satélite para detectar minas ilegais que poluem a água potável da região.
  • Crisis Text Line – ONG que conecta pessoas que vivem crises psicológicas a conselheiros voluntários por mensagem de texto. Usa IA para avaliar as mensagens e dar prioridade aos casos mais emergenciais.
  • Eastern Health – Serviço de saúde pública australiano que usará IA para cruzar dados de registros clínicos de ambulâncias. Pretende encontrar padrões em tentativas de suicídio e maneiras de intervir mais cedo.
  • Full Fact – Organização independente de checagem de fatos do Reino Unido. Usa IA para ajudar os checadores de fatos a avaliar mais rapidamente as alegações feitas pelos políticos e pela mídia.
  • Gringgo – Organização da Indonésia que produz tecnologia para combater o problema dos resíduos plásticos. Usa reconhecimento de imagem em um aplicativo para que catadores informais possam saber aonde vender o lixo plástico para ganhar mais dinheiro.
  • HURIDOCS (Human Rights Information and Documentation Systems–Switzerland) – Está criando uma ferramenta para ajudar advogados de direitos humanos a pesquisar casos mais rapidamente.
  • Makerere University – Universidade em Uganda. Seu departamento de ciência da computação usa machine learning para avaliar dados de sensores de poluição de baixo custo para monitorar e prever a poluição do ar.
  • Médicos Sem Fronteiras – Usa reconhecimento de imagens e um aplicativo de smartphone para ajudar a equipe médica a prescrever os antibióticos corretos para infecções específicas.
  • Pesquisadores da NYU – Trabalham com o New York City Fire Department para construir modelos dos seus tempos de resposta a emergências, baseados em fatores como clima, localização e o tempo de uma ligação de emergência.
  • Nexleaf Analytics – Usa IA para construir modelos de dados para monitorar a entrega de vacinas ao redor do mundo e assim entender melhor a sua viabilidade ao longo da supply chain.
  • Penn State University – Usará ferramentas de deep learning para prever a localização e o momento de deslizamentos de terra e criar um novo sistema de alerta.
  • Quill – Site que oferece ferramentas de educação online a alunos de baixa renda. Usará deep learning para automatizar as novas e fornecer feedback instantâneo.
  • Rainforest Connection – Usa monitores acústicos e IA para detectar sinais de desmatamento ilegal em florestas tropicais e enviar alertas em tempo real.
  • Skilllab – Sediada na Holanda. Usa IA para traduzir automaticamente os perfis de habilidades de refugiados e conectá-los a empregos que precisem dessas habilidades.
  • Talking Points – Usará IA para criar o seu sistema de tradução, que conectará pais e mães que não falam inglês nos EUA aos professores de seus filhos.
  • The Trevor Project – Usará análise de sentimento e processamento de linguagem natural para determinar o risco de suicídio entre jovens LGBTQ.
  • Wadhwani AI – Usará reconhecimento de imagens para rastrear armadilhas de pragas em fazendas na Índia e instruir fazendeiros sobre como reduzir o uso de pesticidas.
  • WattTime – Usará imagens de satélite e algoritmos de processamento de imagens para monitorar as emissões de usinas de energia.

Sobre o Google AI Challenge

O Google AI Challenge é um programa que investe em organizações sociais, institutos de pesquisa e negócios de impacto social. Tem como objetivo utilizar inteligência artificial para atender causas humanitárias, ou que estejam relacionadas ao meio ambiente.

Sobre a Hand Talk

Fundada em 2012, a Hand Talk realiza tradução digital e automática para a Língua Brasileira de Sinais, por meio de dois produtos principais:

Seu Tradutor de Sites traz acessibilidade digital em Libras para a comunidade surda e seu Aplicativo quebra a barreira de comunicação que há entre ela e os ouvintes. As soluções buscam democratizar o acesso à informação e à comunicação, sendo complementares ao trabalho dos intérpretes de Libras.

A empresa, premiada internacionalmente e referência no segmento, é comandada por um simpático intérprete virtual, o Hugo, um personagem 3D que torna a comunicação interativa e de fácil compreensão.

Leia também

Inteligência Artificial: o que é e como pode ajudar negócios de impacto

Inteligência artificial: 14 notícias para entender os benefícios desta tecnologia

Inovações tecnológicas que estão gerando benefícios sociais e ambientais

Aplicativo usa inteligência artificial para ajudar o aluno a aprender

Microsoft usa inteligência artificial para solucionar problemas ambientais


Com informações da Hand Talk, do Startupi e Fast Company.


Sobre a Kaleydos

Kaleydos é uma plataforma de investimento e desenvolvimento de soluções e negócios alinhados aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS). Apoiamos negócios inovadores em estágio inicial de maneira personalizada mesclando mentoria, capital semente e co-gestão. Somos uma iniciativa do Instituto Jatobás. Clique aqui para saber mais sobre nós.

Assine a nossa newsletter mensal.

Faça um comentário