Kaleydos

Na WeGov, o sonho de mudar o serviço público brasileiro se tornou um modelo de negócios

Uma empresa de Florianópolis tem um objetivo ousado: mudar o serviço público brasileiro, fomentando pensamentos inovadores. Nas palavras de André Tamura, 34, um dos sócios da WeGov: “queremos criar um governo único para um cidadão único, iluminando as boas ideias e ações, aproximando as diferentes esferas dos poderes e empoderando os servidores com ferramentas para estimular a mudança”. Oficialmente fundada em 2015, a WeGov começou a ser elaborada bem antes disso, talvez de forma meio inconsciente, em 2010, por outra sócia, Gabriela Tamura, 31, hoje esposa de André.

Na época, Gabriela estudava na primeira turma de Administração Pública na Universidade do Estado de Santa Catarina, a Udesc. Paralelamente, ajudava a tia que era dona de uma empresa de capacitação de servidores públicos, o Centro de Estudos Temáticos para Administradores Públicos, ou Cetem. Mas foi durante um estágio, no qual tinha a função de gerenciar as redes sociais (na época, ainda se falava em Orkut e Fotolog) de um político que ela se viu com dúvidas sobre como e o que publicar — e percebeu, aí, a lacuna de informações voltadas especificamente para o setor público. “A maioria dos professores do curso vinha do setor privado, mas é muito diferente. Não dá para simplesmente aplicar o que se faz no setor privado no público”, conta.

Continue lendo no Projeto Draft

Redação Kaleydos

Use nosso conteúdo:
Todo o conteúdo deste site está publicado sob Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional, exceto quando especificado em contrário ou nos conteúdos replicados de terceiros.
Caso use nosso conteúdo, avise-nos para receber nossa gratidão! Entre em contato.

Faça um comentário

Assine nossa newsletter

Preencha os campos abaixo para receber nossa newsletter mensal.
E-mail  *
Nome 
Sobrenome 
Organização 
Cargo 
*Campo obrigatório

Siga-nos

Acompanhe o Kaleydos nas mídias sociais e fique sempre por dentro das nossas novidades.