Kaleydos

Plataforma digital Entusiasta conecta artesãos aos seus consumidores finais

Segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), existem cerca de 10 milhões de artesãs e artesãos no Brasil. A vasta maioria produz obras em modo anônimo. Ou, na melhor das hipóteses, revendidas nas grandes capitais a um custo muito acima do valor de produção.

Para eles é que foi criada, em 2005, a Rede Asta, negócio social sediado no Rio de Janeiro que estimula grupos artesanais em todo o Brasil a transformar resíduos industriais em objetos de moda e decoração. Hoje, mais de mil profissionais fazem parte da rede. E, sim, tudo que eles produzem chega ao mercado com o devido crédito, vendido pela Rede Asta através de loja física, loja virtual ou negociação com o cliente final.

Neste mesmo meio,  tem-se outra ficha que caiu, desta vez é a de Alice Freitas, cofundadora e diretora executiva da Rede Asta: “Em 2015, fizemos uma avaliação de impacto e percebemos que éramos nós que operávamos o varejo. Ou seja, as artesãs continuavam dependentes da gente. Nosso modelo simplesmente não alavancava sua carreira como empreendedoras.”

Daí a ideia: por que não reunir toda a experiência acumulada em dez anos e repassar o conhecimento às artesãs para que elas mesmas encontrassem o caminho do mercado? Em 2017, surge a Entusiasta.

Continue lendo na AUPA

Redação Kaleydos

Assine nossa newsletter

Preencha os campos abaixo para receber nossa newsletter mensal.
E-mail *
Nome
Sobrenome
Organização
Cargo
*Campo obrigatório

Faça um comentário