Kaleydos

Por que a Google e o mundo dos negócios estão adotando a economia circular?

Tendência em sustentabilidade, a economia circular inspira negócios inovadores e lucrativos que beneficiam a sociedade e o meio-ambiente

A economia circular tem sido uma aposta de grandes negócios globais e a gigante Google é uma delas. Apesar de ser uma empresa digital baseada em dados, as suas operações (incluindo data centers e refeitórios para funcionários) podem gerar uma enorme quantidade de resíduos. Por esse motivo, a companhia anunciou em junho passado, durante o evento Circularity 19, a sua meta de se tornar mais “circular”. Ou seja, de eliminar os resíduos dos seus processos e maximizar o reúso de materiais em seus sistemas.

Como parte do lançamento dessa estratégia, a empresa lançou um white paper sobre o tema. Segundo Kate Brandt, Chief Sustainability Officer da Google: “Nós queremos uma Google circular em um mundo sustentável. Agora, é claro que chegar lá é tão inspirador quanto assustador. Significa que o sistema inteiro tem que mudar”.

Mas o que é economia circular?

Trata-se de uma das maiores tendências de sustentabilidades da atualidade, que tem sido adotada por pequenas, médias e grandes empresas em todo o mundo. Como já explicamos antes, o termo se refere a um:

modelo econômico regenerativo e restaurativo, que valoriza os resíduos da indústria como fontes de novas matérias-primas, com alto valor agregado. E, ao contrário do modelo econômico vigente, torna possível produzir sem esgotar os recursos naturais do planeta.

Em outras palavras, significa redesenhar os processos de produção, consumo e pós-consumo para evitar o desperdício. No modelo tradicional, as indústrias extraem matéria-prima da natureza para transformá-las em produtos que depois são vendidos, usados e jogados fora, parando em aterros sanitários. Além disso, o próprio processo de produção gera grande quantidade de resíduos, muitos deles bastante poluentes. Em economia circular, acredita-se que “lixo é um erro de design” e que todo o processo de produção, consumo e pós-consumo deve prever a reinserção de resíduos na cadeia produtiva.

Por que negócios estão adotando a economia circular?

Durante o Circularity 19, Ashima Sukhdev, líder Government and Cities Program da Ellen MacArthur Foundation (organização pioneira no tema), há três motivos porque empresas gostam da economia circular:

  1. É lucrativo;
  2. Engaja comunidades;
  3. É inovador

Vamos explicar cada um desses benefícios.

1- É lucrativo

Financeiramente falando, faz sentido adotar práticas circulares. Reduzem-se os custos e o desperdício, maximizando-se os lucros. Além disso, o que antes seria considerado lixo torna-se matéria-prima de alto valor agregado, usada para criar novos produtos.

Muitas empresas já vem fazendo tudo isso há tempos, mesmo que não chamassem por esse nome. É o caso da Caterpillar, que nos anos 70 lançou uma fábrica de remanufatura dos seus produtos. Segundo um relatório da Accenture, a transição para uma economia circular poderia gerar US$ 4,5 trilhões para a economia mundial até 2030.

2 – Engaja comunidades

Sukhdev menciona a The Plant como exemplo de engajamento. Originalmente uma empresa de empacotamento de carne, agora sua sede abriga uma dúzia de pequenos negócios nos setores de alimentação e agricultura, que usam os resíduos de outras empresas como insumos para as suas próprias (como usar resíduos da fabricação de cerveja para cultivar cogumelos).

3 – É inovador

A The Plant também é um exemplo sobre como a economia circular é inovadora. Empresas desenvolvem novas maneiras de reutilizar os resíduos de outras empresas, em setores totalmente diferentes. Além disso, é comum o uso de tecnologias disruptivas, como a inteligência artificial, para maximizar o uso de recursos.

Com tudo isso, torna-se claro por que a Google e tantas outras empresas estão se inspirando no tema. Além de ser uma tendência sustentável capaz de solucionar graves problemas ambientais, faz sentido em termos de negócios. Economia circular é um conceito importante a empreendedores de impacto, que buscam aliar o impacto socioambiental positivo ao lucro, criando negócios que beneficiem a sociedade e o meio-ambiente.

Leia também

Economia circular: o que é e como aplicar ao seu negócio de impacto

Empresas adotam inteligência artificial para tornar a reciclagem mais eficiente e circular

Boomera lança plataforma CircularPack para promover a economia circular

Empresas limpam o oceano de plásticos descartados e os transformam em novos produtos

Economia circular pode ajudar países a combater mudanças climáticas, diz relatório


Sobre a Kaleydos

Kaleydos é uma plataforma de investimento e desenvolvimento de soluções e negócios alinhados aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS). Apoiamos negócios inovadores em estágio inicial de maneira personalizada mesclando mentoria, capital semente e co-gestão. Somos uma iniciativa do Instituto Jatobás. Clique aqui para saber mais sobre nós.

Assine a nossa newsletter mensal.

1 comentário