Kaleydos

Projeto Encauchados inova na produção da borracha e garante a inclusão social e a conservação da floresta

Combinando conhecimento indígena tradicional de manipulação do látex com tecnologias aprimoradas e adaptadas para uso no rústico ambiente da floresta, os Encauchados de Vegetais da Amazônia são produtos prontos para o mercado, fabricados pelos próprios extrativistas e comercializados diretamente pelas organizações de base. A iniciativa pioneira ajuda os seringueiros a agregar valor aos produtos e a reconstruir a economia tradicional local.

Produzida e comercializada pelo Poloprobio (Polo de Proteção da Biodiversidade e Uso Sustentável dos Recursos Naturais), em Castanhal (PA), a linha Encauchados de vegetais da Amazônia  combina conhecimento indígena tradicional de manipulação do látex com tecnologias aprimoradas e adaptadas para uso no rústico ambiente da floresta. Apoiada em tecnologia social que garante inclusão das comunidades extrativistas e conservação da biodiversidade, com a floresta em pé, a linha é diversificada e de design arrojado, feita com borracha natural produzida em seringais nativos por comunidades indígenas e de caboclos, a partir da mistura do látex com fibras vegetais.

Encauchados é o nome da borracha natural produzida em seringais nativos por comunidades indígenas e tradicionais da Amazônia. Entre os produtos da linha produzida pelo Poloprobio estão calçados, bolsas, jogos americanos e acessórios, além de cachepôs e sousplats (porta-pratos), tudo inspirado nos desenhos, formas, texturas e cores das folhas da Floresta Amazônica, como a capeba, a vitória-régia e a apuí, entre outras.

Continue lendo no Notícias de Impacto

Redação Kaleydos

Assine nossa newsletter

Preencha os campos abaixo para receber nossa newsletter mensal.
E-mail *
Nome
Sobrenome
Organização
Cargo
*Campo obrigatório

Faça um comentário