Kaleydos
Rio+B

O caminho do Rio + B para impulsionar as melhores práticas de negócios no Rio de Janeiro

Iniciativa do Sistema B estimula empresas cariocas a serem melhores para o mundo

Originalmente publicado pelo Sistema B. Traduzido para o português por Kaleydos.

Rio + B se propôs a envolver o setor privado em uma agenda de sustentabilidade para a cidade do Rio de Janeiro, incentivando as empresas a tomar consciência de seu impacto socioambiental. Mais de 200 organizações empresariais comprometidas com a mudança e a inovação já participaram na experiência.

O Rio de Janeiro, por décadas, tem sido reconhecidas pelo turismo e pela produção de commodities. Contudo, as mudanças na economia mundial demandam um olhar sustentável para a diversificação de seus setores econômicos. O Rio + B é um esforço voltado para esta direção, que busca transcender fronteiras e inspirar outras cidades do continente.

A iniciativa é liderada pelo Sistema B, organização latino-americana vinculada ao movimento global B, que reúne as empresas que usam o poder do mercado para implementar as melhores práticas sócio-ambientais. Um objetivo que o CAF – banco de desenvolvimento da América Latina – a partir da inovação social e aliado ao Sistema B, impulsiona por meio da consolidação de um ecossistema em crescimento de empresas B na região.

Valores como a sustentabilidade nos negócios, melhores práticas ambientais, retenção de talento, retorno sobre o investimento e o propósito das marcas estão redefinindo o conceito de êxito nos negócios. Nesta linha, o Rio + B se propõe a mapear e construir novas oportunidades, de acordo com a realidade de cada empresa, com o objetivo de impulsionar resultados positivos tanto para o negócio, como para a cidade.

226 empresas responderam a Avaliação de Impacto segmentada nas áreas de governança, funcionários, comunidade, meio-ambiente, modelo de negócio e indicadores de circularidade. As 119 que completaram o questionário na sua totalidade possuem as seguintes características: Seis empresas grandes (1000+ funcionários), 13 empresas medianas (50-999 funcionários) e 100 pequenas empresas (1-49 funcionários), das quais 25 operam no setor comercial, 79 no setor de serviços e 16 no setor da indústria.

As se fazer uma análise dos resultados deste grupo de empresas, pode-se observar que as melhores práticas estão vinculadas com a área dos funcionários e respondem pelo número de dias livres remunerados, tempo de licença-maternidade e diferentes benefícios que oferecem a seus funcionários.

As piores práticas se encontram nas áreas de governança e meio ambiente, ressaltando-se as a comercialização de mercadorias perigosas, a falta de auditoria sobre informações financeiras, falta de programas de reciclagem e a fraqueza do posicionamento da empresa sobre suas práticas sustentáveis e ambientais. Por exemplo, destaca-se a ausência de um manual do funcionário.

O passo seguinte, uma vez finalizada a etapa de auto-avaliação, foi a seleção de um grupo de 40 empresas para realizar o Laboratório Rio + B. Um espaço de assessoria e acompanhamento – durante seis meses – para o desenvolvimento de um plano de ação empresarial, focado na geração de impactos positivos, a partir da rede de negócios. Um processo estimulante, que verá sua conclusão no próximo m~es de julho, quando se apresentarão os resultados do Rio + B.

Esta iniciativa é o resultado da aliança entre instituições e empresas privadas e conta com o apoio da Prefeitura do Rio de Janeiro, da Fundação Ellen MacArthur, da Liga de Intraempreendedores, do Pacto do Rio, Pares, NBS, Cohn & Wolf, CAF e da Fundación BMW.


Sobre a Kaleydos

Kaleydos é uma plataforma de investimento e desenvolvimento de soluções e negócios alinhados aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS). Apoiamos negócios inovadores em estágio inicial de maneira personalizada mesclando mentoria, capital semente e co-gestão. Somos uma iniciativa do Instituto Jatobás. Clique aqui para saber mais sobre nós.

Assine a nossa newsletter mensal.

Faça um comentário