Kaleydos

Startout Brasil levará 15 startups para imersão em Berlim entre os dias 13 e 18 de maio

Da Anprotec

O StartOut Brasil, programa do governo brasileiro que apoia a inserção de startups nos mais promissores ecossistemas de inovação do mundo, selecionou as 15 empresas que participarão do 3º Ciclo de Imersão, que acontecerá em Berlim, na Alemanha, entre os dias 13 e 18 de maio deste ano.

As empresas selecionadas foram: Kryptus – Shaping Trusted Bonds, PluriCell Biotech, Pipefy, SHELFPIX, TNS Solution, Rocket Chat, VM9, Reciclapac, Mercado Bitcoin, Órbita Tecnologia, Birmind, AWA – AnnuitWalk Accessibilities, Flying to the sun, Macofren, Intelup.

A delegação será composta de quatro empresas de São Paulo (SP), e uma de Brasília (DF), Belo Horizonte (MG), Campinas (SP), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Nova Friburgo (RJ), Porto Alegre (RS), Piracicaba (SP), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ) e Sorocaba (SP). Os setores das 15 escolhidas foram Big Data, solução para empresas, biotecnologia, AI, tecnologia industrial, energética e financeira, internet das coisas, entre outras.

Conforme pontua o presidente da Anprotec, José Alberto Sampaio Aranha, os empreendimentos inovadores no mundo já nascem globais e as startups brasileiras precisam fazer o mesmo. “Para isso, elas necessitam de uma rede que a Anprotec tem, internacional, que possibilita às empresas passarem um tempo se adequando aos países nos quais querem ingressar, entendendo a cultura, fazendo com que seus produtos possam ser conhecidos. Complementamos um programa de geração de startups no Brasil. Estamos não só gerando empresas, mas fazendo com que elas se internacionalizem, ocupando seus espaços no mercado internacional”.

Para Marcia Nejaim, Diretora de Negócios da Apex-Brasil, os resultados obtidos em curto espaço de tempo pelos Ciclos do StartOut Brasil demonstram o grande potencial que as startups brasileiras têm para inserção nos mercados internacionais.

“Durante a missão realizada a Buenos Aires em outubro do ano passado, apresentamos a Track Sale a prestadores de serviço e potenciais clientes. Logo em seguida, a empresa anunciou sua expansão para a Argentina, com expectativa de faturar nos primeiros três meses deste ano 4,5 milhões de pesos. Da mesma forma, a Aya Tech esteve com representantes da Paris&Co, agência de desenvolvimento econômico e inovação de Paris, durante a missão realizada em dezembro. O encontro ajudou a empresa ser selecionada para participar de um programa de aceleração na capital francesa. Esses exemplos mostram que o projeto está no caminho certo”, avaliou Marcia.

Antes da missão, entre , e acesso à trilha para internacionalização de startups na Plataforma Passaporte para o Mundo da Apex-Brasil. Haverá ainda um evento presencial em abril envolvendo todos os participantes da missão, além de especialistas e mentores.

Em Berlim, as 15 startups selecionadas terão a oportunidade de se aprofundar no ecossistema de inovação local por meio de workshops com empreendedores, especialistas do mercado local e prestadores de serviços essenciais para a expansão internacional, treinamento de pitch presencial, visitas a incubadoras, aceleradoras e parques tecnológicos locais.  Em paralelo a esta imersão, serão realizadas agendas de negócios com potenciais clientes e parceiros. Além disso, os participantes deste ciclo de imersão vão para a CUBE Tech Fair, que ocorrerá de 15 a 16 de maio e reúne diversas startups do mundo todo. A feira tem como propósito principal fazer a ligação entre as startups e investidores e corporações.

Após a missão, as empresas interessadas em se expandir para o mercado alemão contarão ainda com apoio de equipes da Apex-Brasil especializadas em internacionalização e da embaixada do Brasil em Berlim para definição da melhor estratégia de softlanding.

A edição em Berlim é a terceira do programa, que já contou com missões para Buenos Aires e Paris. Para o ano de 2018 ainda estão programadas missões para Miami e Lisboa.

Berlim

Inclusiva, internacional e diversificada, a capital da mais rica economia europeia batalha para se tornar também o principal ecossistema de startups do continente. Berlim é hoje o segundo melhor ecossistema da Europa, atrás apenas de Londres, segundo o relatório “Startup Ecosystem Report 2017”, do Startup Genome.

Atualmente, a cidade tem entre 1800 e 2400 startups tecnológicas ativas, sendo, depois do vale do Silício, a cidade com o maior número de startups estrangeiras. Por esse motivo, Berlim é considerada um dos mais inclusivos e diversificados ecossistemas do mundo, em grande parte devido à capacidade da cidade de atrair fundadores e talentos internacionais, graças ao custo de vida acessível, alto padrão de vida e ao ambiente amigável para imigrantes.

Além disso, Berlim tem mais de 600 investidores instalados, e, em média, 20% do venture capital que circula em todo o país passa por companhias de alta tecnologia da capital.

StartOut Brasil

O StartOut é um projeto fruto da parceria da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), o Ministério das Relações Exteriores (MRE), o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), o Sebrae e a Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec).

O objetivo é proporcionar aos empreendedores capacitação e mentoria personalizada de acordo com a oportunidade e interesse da empresa com o mercado alvo; participação em missão com agenda voltada à prospecção de clientes e investidores e ainda um apoio pós-missão para definição de estratégia de internacionalização e/ou softlanding no mercado-alvo.

O programa é destinado a startups brasileiras já estabelecidas, que já tenham faturamento e que tenham uma equipe 100% dedicada ao negócio, fluência em inglês (a fluência no idioma do país de destino é desejável, mas não essencial) e que demonstrem capacidade de se expandir internacionalmente sem comprometer suas operações no país.

As startups serão avaliadas levando em consideração o grau de inovação, mapeamento preciso do ecossistema que ela está interessada e maturidade da empresa e equipe. Além disso, o processo de seleção conta com um especialista do ecossistema de destino que avalia as startups em relação ao seu potencial de negócios no mercado.

Para mais informações, acesse www.startoutbrasil.com.br.


Sobre a Kaleydos

Kaleydos é uma plataforma de investimento e desenvolvimento de soluções e negócios alinhados aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS). Apoiamos negócios inovadores em estágio inicial de maneira personalizada mesclando mentoria, capital semente e co-gestão. Somos uma iniciativa do Instituto Jatobás. Clique aqui para saber mais sobre nós.

Assine a nossa newsletter mensal.

Faça um comentário