Kaleydos

Startup usa economia compartilhada para democratizar a saúde no Brasil

A Dandelin é uma plataforma de economia compartilhada no qual usuários dividem os preços de consultas e exames em mensalidade

O empreendedor Felipe Burattini morava na Alemanha quando percebeu uma tendência forte no país: a economia compartilhada. Hoje, existem serviços de economia compartilhada em car sharing, imobiliária, entre outros. Burattini então começou a pensar em como usar esse conceito – que elimina intermediários e promove o acesso, não a posse de um produto – na saúde do Brasil.

Foi assim que o empreendedor criou o Dandelin. Fruto de economia compartilhada, a startup conecta pacientes e médicos. Na plataforma, pacientes podem agendar consultas e exames com médicos da rede e não pagam o preço da consulta, mas uma mensalidade variável. O objetivo da startup possui cunho social: é o de democratizar o acesso a saúde no Brasil.

A mensalidade é definida a cada mês de acordo com o número de usuários e o quanto usaram os serviços. Quanto mais usuários usando a plataforma, mais os custos são divididos. O valor das consultas feitas a partir do Dandelin são divididos entre todos os usuários, mas o valor nunca ultrapassará de 100 reais. Esse foi o valor máximo que a startup estabeleceu.

Continue lendo no StartSe.


Foto: VisualHunt.com


Sobre a Kaleydos

Kaleydos é uma plataforma de investimento e desenvolvimento de soluções e negócios alinhados aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS). Apoiamos negócios inovadores em estágio inicial de maneira personalizada mesclando mentoria, capital semente e co-gestão. Somos uma iniciativa do Instituto Jatobás. Clique aqui para saber mais sobre nós.

Assine a nossa newsletter mensal.

Faça um comentário