Kaleydos

Startups de Blockchain investem na cadeia produtiva ética de cobalto e outras commodities

Tecnologia pode ser usada para rastrear e certificar a origem da matéria-prima usada na indústria

Matéria do site Greentech Media informa que empresas especializadas na tecnologia Blockchain estão criando plataformas para o fornecimento ético de commodities como o cobalto. A cadeia produtiva deste metal é criticada tanto pelo seu impacto ambiental, como social (condições insalubres de trabalho, trabalho infantil etc.). Ao mesmo tempo, é necessário para atender a crescente demanda por baterias de lítio, usadas em veículos elétricos e sistemas de armazenamento de energia solar.
Entenda o que é Blockchain e seu uso em negócios de impacto.

Um exemplo de empresa que está investindo no setor é a Cobalt Blockchain and DLT Labs, que firmou uma parceria para exportar cobalto extraído eticamente na República Democrática do Congo (RDC). A empresa garante que sua plataforma baseada em Blockchain, Mintrax, oferecerá “métodos seguros e transparentes para rastrear a origem de metais e minerais”. Mintrax é a primeira plataforma empresarial baseada em Blockchain que cumpre as normas da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Outra empresa é a RCS, que está desenvolvendo uma plataforma similar à Mintrax, usando a Blockchainda IDM, Hyperledger Fabric. Seu objetivo é promover transparência e compliance no fornecimento de cobalto e outros metais usados em bens de consumo.
Quer saber mais? Clique aqui para ler matéria completa no GTM


Foto: Image Journeys on VisualHunt.com / CC BY-ND


Sobre a Kaleydos

Kaleydos é uma plataforma de investimento e desenvolvimento de soluções e negócios alinhados aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS). Apoiamos negócios inovadores em estágio inicial de maneira personalizada mesclando mentoria, capital semente e co-gestão. Somos uma iniciativa do Instituto Jatobás. Clique aqui para saber mais sobre nós.

Assine a nossa newsletter mensal.

1 comentário